quarta-feira, 27 de março de 2013

João, o Caçador de Gigantes


Pois então....toda a cambada do Almoxarifado (aeee aprendi a escrever!!!) conseguiu ingressos para ver esse novo...e até pouco comentado...filme da Warner Bros(e sua irmã Dot)...e convenhamos..uma incrível surpresa, principalmente se tratando de um filme infanto-juvenil.
 O filme é uma perfeição visual, seus cenários são lindos com um castelo que poderia muito bem ser Hyrule do Legend of Zelda, as tomadas em cena são otimas, parecendo mesmo que os personagens estão nesses cenários incríveis ao invés de telas computadorizadas, e seu 3D funciona perfeitamente, e seus efeitos especiais ótimos, em especial os gigantes, muitos criativos e diferentes, com movimentações e comportamentos próprios.
O Filme ainda têm um roteiro bem criativo, claro ele vai parecer banal, herói fazendeiro com sonho de mais encontra rainha e monstros,mas isso é do gênero de contos de fada...mas olhando melhor os personagens são muito mais.
Os Gigantes têm toda uma aura de depressão, sendo condenamos por uma raça muito inferior (e sequer imortal) e vivendo no exílio, os heróis e personagens são cheios de detalhes(tirando o próprio Jack que parece estar de Jeans e camiseta).
Mas fora isso....temos uma construções de personagens bem ...bem...bem Disney. um vilão óbvio (com barba negra), um Capanga alívio cômico psicopata (provável antepassado das doninhas do Roger Rabbit), mas o roteiro mantém isso?
Hell no!Personagens morrem....aliás lembrando a Disney, a primeira grande morte vemos personagens caindo para seu destino por entre as nuvens....e cenas depois realmente vemos esses mesmos personagens esmagados no solo(ta sem gore, ainda é um filme pra crianças), personagens muitas vezes que morrem de total surpresa, por vezes no filme achei que ele ia acabar por muitos personagens já terem morrido.
Aliás...Kuddos por mostrar um mundo medieval fantástico...com Cristianismo, não existe uma polêmica com a Igreja Catôlica,mas os personagens estão longe de serem ateus, ou ignorarem oque raios aquele bando de MONGES faz nas ABADIAS...
o filme vai ter suas falhas(como a escala flutuante dos gigantes, um erro de continuídade na comitiva do rei., e a estranha abstinência de plantações no reino), mesmo assim é um ótimo filme, e como disse antes, por ser para crianças.
Nota:9.
E Fi Fa Fo Foda-se Brian Singer!
Faz um "João e o Pé-de-Feijão" perfeito e não consegue fazer um filme do Superman ou dos X-men.

quinta-feira, 7 de março de 2013

Mensagem dos Nerds para Obama! Ou Nunca misture Star Wars com Star Trek!

KAPESOKEPOAEKPAKSPOEKAPEOKAPOSKEPEOKA Tsc Tsc




Ri muito!
Nerdearemos mais em breve!!! Orgulho Nerd: Eu Tennho \o/





ANN:A Saga, o Mimimi e 2 Cadaveres (Programa Piloto)


Olá Nerds, hoje iniciamos mais uma investida do Almoxarifado para produzir materiais mais divertidos. Aqui vai o nosso primeiro vídeo de notícias, no mesmo clima das “notícias comentadas” que já fazemos por escrito no blog.

Deu trabalho fazer, mas foi incrivelmente divertido. Esperamos que gostem de assistir tanto quando nós de produzir.  
 

Até mais e obrigado pelos peixes.

quarta-feira, 6 de março de 2013

Harlem Crente... digo, Shake

Quando vi isso pela primeira vez, em um site de uma agencia de comunicação, ainda na primeira quinzena de fevereiro, achei uma bobagem, que não iria realmente virar meme... mais uma vez eu me enganei (não dei bola para o “nossa alegria” entre outros memes) acho a maioria deles bobos.

O vídeo original foi postado na internet no dia 22 de maio de 2012 no YouTube. Ele não tinhao estilo de um Flash mob. É, simplesmente, um vídeo de 3 minutos e 17 segundos onde se tem a famosa música completa como faixa de áudio e a capa do álbum que a música pertence como vídeo.

Mas por algum motivo que me escapa, ou as pessoas realmente gostam de coisas que eu acho bobas.

Pra quem não viu, este é o vídeo viral original:

O vídeo viral que começou a febre do Harlem Shake pelo mundo foi postado no YouTube no dia 02 de fevereiro de 2013. Nele, mostra-se apenas 36 segundos da música original e mostra, também, quatro amigos dançando com um vestido de ET, outro vestido de Power Rangers, outro vestido de Chinês e o último vestido com uma roupa Cor de rosa. O sucesso desse vídeo fez com que muita gente resolvesse fazer as suas próprias versões do vídeo.

Um compilado aqui pra quem ficou curioso:

Mas oque me levou a fazer este post foi um “Harlem Shake” feito com imagens que originalmente não tinham este proposito. Não vou citar o nome da igreja, mas acredito que todos reconhecerão. Pra mim esta foi a melhor versão do Meme até agora. Tá… chega... se não logo mais eu saio dançando isso…

Até mais e obrigado pelos peixes

O Ceifador, o Chorão e o Jornalismo




Acho engraçado a maneira de pensar de um jornalista... Por favor, não encarem isto como uma critica, e sim como uma reflexão.

Liguei a TV agora a pouco e descobri que o Chorão da banda Charlie Brown Jr. Faleceu, mas ainda não sabem dizer nada sobre o caso.

Abro o facebook e vejo manifestações de varias pessoas sobre o ocorrido. Todos sabiam tanto quanto qualquer jornalista cobrindo o caso.

Isso me leva a seguinte questão: O que é notícia? Um fato simples, sem detalhes é notícia?
Chorão morreu. Ex-BBB vai a praia. Global almoça com a família. (Sim, estou sendo cretino e pondo a morte do cantor no mesmo balaio de futilidades de revista de fofoca, mas é só pra enfatizar a idéia).

Se os jornalistas não se reformularem e começarem a repensar o como fazer a o seu trabalho, logo estarão extintos, pois qualquer babaca no “lugar certo” com um celular na mão pode twittar o que viu ou postar num blog ou mesmo na rede social da vez.

Escrevi isso com a alguma propriedade, pois tenho vários amigos jornalistas, que concordam comigo, e digamos que eu como blogueiro e videocaster posso perfeitamente entrar no papel do “babaca”(ok, eu faço faculdade de comunicação, mas acredito que a maioria dos blogueiros não são, a exemplo do 

Jovem nerd é fez faculdade de desenho industrial). Então mão a obra, pois hoje em dia todos podemos ser jornalistas.

E tudo isso porque o coitado do Chorão morreu... preciso de mais café...

Até mais e o brigado pelos peixes